08 fevereiro 2012

Mantova, a cidade que guarda o sangue de Jesus




Em uma paisagem medieval e renascentista, a cidade de Mantova ou Mântua no coração da Lombardia representa uma parte da história artística e musical da Europa. Originada a partir de uma vila etrusca que existia sobre duas pequenas ilhas do Rio Mincio no século 6 a.C., o nome da cidade está relacionado à divindidade etrusca Mantus.


 
 
 

Os três lagos: Tendo sido parte do Império romano, foi disputada e invadida por diversos povos até que Alberto Pitentino alterou o curso do rio para criar os lagos e assim reforçar a proteção natural da cidade.

Anos mais tarde a Dinastia dos Gonzaga assumiu o poder e construiu as muralhas com cinco portas quando governaram a cidade durante a Idade Média. Posteriormente Mantova esteve sob o poder de Napoleão e, depois do domínio austríaco até 1866, passou a fazer parte da Itália.

Com muitas áreas verdes e cercada por 3 lagos - Superior, Médio e Baixo - que se cobrem de flor de lótus de julho a setembro formando ilhas de flores de rara beleza, Mantova faz parte de um dos melhores roteiros gastronômicos da Itália e do Lambrusco, o bom vinho mantovano.






 

 
Piazza dele Erbe: O centro da cidade é entremeado de lindas praças como a Piazza Sordello, Piazza Broletto, Piazza Mantegna e outras. Mas é a charmosa Piazza delle Erbe que atrai muita gente. Durante o dia a grande atração é o mercado de frutas e verduras. À noite são os bares e sorveterias que animam a praça.



 
 

Marcada pela Rotonda di San Lorenzo e o Palazzo della Ragione, na Torre se destaca um grande relógio astromômico e astrológico que foi desenhado por Bartolomeo Manfredi que era matemático e astrólogo. O mostrador marca as horas em algarismos romanos e dá informações sobre a posição das estrelas.








 

Palazzo Te: Considerada Patrimônio Mundial pela Unesco, Mantova preserva muitos palácios e palacetes em estilo medieval, alguns deles construídos pela poderosa família Gonzaga que desenvolveu em Mantova um patrimônio cultural e artístico de grande valor. Uma dessas heranças é o Palazzo Te, atualmente funcionando como Museu Cívico com muitas obras de arte.


 
 
 
Construído para ser uma estância de verão da família Gonzaga, no luxuoso palácio eram celebradas muitas cerimônias e festas. Os símbolos da arte romana e símbolos pagãos da mitologia estão presentes em diversos aposentos. Cada sala tem uma pintura que lhe dá um nome, como a Sala dos Gigantes, Sala dos Grandes Cavalos, Sala de Amor, Sala das Águias, Sala dos Ventos e do Zodíaco, a Galeria de Honra chamada Loggia d'Onore e outras.











Palazzo Ducale: Na Piazza Sordello está a entrada principal do Palazzo Ducale que foi a residência dos Gonzaga. O imenso conglomerado de prédios e jardins são conectados por corredores e galerias. Construído na forma de uma pequena cidade, integra também o Domus Magma, o Palazzo del Capitano e o Castel San Giorgio.

A catedral de Mantova também faz parte da Piazza Sordello, que é a principal praça da cidade. Construída no início da era cristã, a catedral foi reconstruída depois de vários incêndios o que contribuiu para que tivesse uma mistura de estilos.









Basílica Sant'Andrea: Na Piazza Mantegna a bela Basílica de Sant'Andrea conserva na cripta o "Cálice Sagrado", que a tradição cristã afirma conter o sangue de Jesus. Segundo a tradição, no momento do sepultamento o centurião romano Longino quis certificar-se que Jesus estava realmente morto. Para isso ela perfurou o corpo de Jesus com uma lança e, ao respingar em seus olhos curou-o imediatamente de uma doença nos olhos.

Naquele momento Longino reconheceu Jesus como filho de Deus.  Arrependido, ele apanhou um pouco do sangue de Jesus que tinha caído na terra e levou consigo abandonando o exército romano. Por ter se tornado um monge, Longino passou a ser perseguido e teve sua lingua cortada. Foi condenado, mas antes de ser decapitado ele escondeu a relíquia.

Anos mais tarde a relíquia foi encontrada e confirmada pelo Papa. E assim Mantova tornou-se um local de peregrinação. Atualmente, na sexta-feira santa o cálice sagrado é exposto à visitação na Basílica de Sant'Andrea em Mantova.

San Longino ou São Longuinho: Dizem que por isso San Longino ou São Longuinho tornou-se padroeiro dos objetos perdidos ou escondidos. No Brasil tem a crença de que o santo ajuda a encontrar objetos perdidos.

É por isso que quando se quer achar um objeto perdido diz-se: " São Longuinho, São Longuinho, se eu achar meu objeto perdido, dou três pulinhos e três gritinhos. " E quando se encontra o objeto perdido, dá-se os três pulinhos dizendo: - " Achei São Longuinho, achei São Longuinho, achei São Longuinho!... " O mais curioso é que ninguém sabe de onde veio essa superstição saltitante...

 

11 comentários:

  1. Minha avó nasceu em Mantova !!!obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Minha avó nasceu em Mantova !!!obrigada!

    ResponderExcluir
  3. O sobrenome de minha família é "MINARI" e meu avô nasceu em Mantova. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mãe do meu bisavô se chamava Itala Minari. Seu filho (meu bisavô) veio para o Brasil em 1904 e seu nome era Riccardo Vestina.

      Excluir
    2. A mãe do meu bisavô se chamava Itala Minari. Seu filho (meu bisavô) veio para o Brasil em 1904 e seu nome era Riccardo Vestina.

      Excluir
  4. Família Ferrari de Mântua...

    Domenico Ferrari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raphael meu avô é de Mantova João Ferrari.Obrigado vou pesquisar mais.

      Excluir
  5. Minha família é da região de Mantova.
    Bogoforte.
    Salute famiglia Leonardi!

    ResponderExcluir
  6. Meu sobrenome e gonzaga se alguem puder me ajudar encontrar meus ancestrais.

    ResponderExcluir
  7. Meus bisavós, Dario Secondo Broglio e Letizia Maria Germiniasi, nasceram em Mantova, na Comune de Goito. Em junho realizarei meu sonho de conhecer o lugar onde minha família começou...

    ResponderExcluir
  8. Minha avó materna era de Mântova. Seu nome era Maria Aldrighi. Estive em Mântova no ano passado, uma das cidades mais lindas que conheci .

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.